Tratamento

Odontopediatria bebês e crianças

O QUE É ODONTOPEDIATRIA?

É a especialidade da Odontologia responsável pelo atendimento integral de bebês, crianças e adolescentes. E com o pré-natal odontológico, realiza o tratamento e orientações as gestantes.

GESTANTE – CONTROLE PRÉ NATAL ODONTOLÓGICO

Durante a gravidez é muito importante estar com saúde bucal em dia e os cuidados devem ser redobrados, pois todo o corpo da gestante esta passando por variações hormonais, que podem gerar alterações bucais importantes como maior predisposição à gengivite, diminuição da salivação, e enjoos matinais que dificultam a higiene bucal. O que pode aumentar o surgimento de cáries e desenvolvimento de doenças gengivais.

Algumas complicações bucais como a periodontite crônica, que é a inflamação gengival crônica, podem ocasionar nascimento prematuro do bebê, pois as bactérias impregnadas na placa bacteriana podem migrar para a corrente sanguínea e gerar liberação de prostaglandinas , que são moduladores biológicos que geram respostas no nosso corpo que podem antecipar o trabalho de parto.

Quando deve ser a primeira consulta da criança?

O ideal é que a gestante já receba orientações sobre os cuidados que ela deverá ter com a boquinha do bebê. Caso isso não seja possível, o ideal é que a mãe leve o bebê assim que o primeiro dente de leite apareça, para receber as orientações necessárias, o ideal é que até o primeiro ano de vida já tenha ocorrido a primeira visita.

CRIANÇAS

O atendimento odontológico de crianças tem como objetivo a educação em saúde bucal, fazendo com que hábitos corretos de higiene bucal sejam criados desde cedo.

É importante motivar e ensinar a criança a escovar os próprios dentes e passar o fio dental para que ela desenvolva um sentimento de responsabilidade pela sua saúde oral. Porém, até os nove anos de idade, a criança não tem coordenação nem habilidade suficiente para realizar uma escovação eficaz, sendo necessária a presença de um adulto responsável.

De todas as escovações, a noturna é mais importante. A saliva protege os dentes contra cárie e quando dormimos a produção de saliva cai, deixando os dentes mais suscetíveis à ação das bactérias. Tão importante quanto a escovação é a utilização do fio dental após cada refeição.

ADOLESCENTES

O adolescente muitas vezes muda seus hábitos alimentares, aumentando a frequência do consumo de carboidratos e doces, e ainda descuida com a higiene bucal, favorecendo o desenvolvimento da doença carie e gengivite.

Ainda assim, adolescentes que fazem uso de aparelhos dentários que dificultam a higienização, devem ter um acompanhamento mais frequente de uma odontopediatra.